11.01.2017
Transporte
Suspensão do aumento da tarifa não beneficia usuários da região
compartilhe
Da Redação do Portal O Taboanense

A decisão do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Paulo Dimas Mascaretti, que manteve a liminar emitida na sexta-feira (6) pelo juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho suspendendo o aumento da tarifa de integração [ônibus + trilhos] no transporte público de São Paulo não beneficia diretamente os usuários dos ônibus intermunicipais que circulam na região e que sofreram aumento de 6,65% no último domingo.

Em razão da determinação da Justiça, a partir da zero hora do dia 13, as linhas de ônibus intermunicipais na área 5 da Região Metropolitana de São Paulo (correspondente ao ABC, com exceção do Corredor ABD), além das regiões metropolitanas de Sorocaba e Vale do Paraíba e Litoral Norte, voltarão a ter as tarifas praticadas até 7 de janeiro de 2017.

 

“As passagens das linhas intermunicipais nas regiões metropolitanas de Campinas, Baixada Santista, as áreas 1, 2, 3, 4 (onde estão inseridas as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra e outros municípios da região), além do Corredor ABD da Região Metropolitana de São Paulo, não estão incluídas na determinação judicial e terão os reajustes mantidos”, informou a EMTU em nota a imprensa.

A tarifa de integração entre ônibus [administrado pela prefeitura da capital] e trilhos [metrô e trens, administrados pelo governo estadual] custava R$ 5,92 até sábado (7). No domingo, ela foi reajustada apesar da liminar que suspendia o aumento. O governo justificou a manutenção do reajuste alegando que “ainda não havia sido notificado” sobre a decisão judicial.

Na tarde desta terça-feira, dia 10, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM), acatou a determinação do governador de São Paulo e notificou o Metrô, a CPTM, a EMTU e a SPTrans, empresa gestora do Bilhete Único, para que as tarifas de integração do Metrô e da CPTM sejam alteradas. Todos os bilhetes terão o preço praticado até 7 de janeiro de 2017. A Prefeitura de São Paulo também manterá os valores praticados até essa data.

A EMTU informou ainda que “em regime de mutirão, equipes trabalharão durante toda a madrugada para ajustar o sistema de bilhetagem ao novo valor da integração, que entrará em vigor nesta quarta-feira, 11/01. Os validadores da frota de transporte público municipal também serão atualizados neste período”.

A empresa disse que caso seja mantida a decisão da justiça, a falta de reajuste causará em 2017 um impacto financeiro de aproximadamente R$ 220 milhões para Metrô (R$ 115 milhões), CPTM: (R$ 77 milhões) e EMTU (R$ 28 milhões).

Regiões Metropolitanas da EMTU onde os valores das tarifas das linhas intermunicipais retornarão aos praticados em 07/01/2017

São Paulo, área 5
Diadema, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Com exceção do Corredor ABD.

Sorocaba
Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcano, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraó, Tatuí, Tietê e Votorantim.

Vale do Paraíba e Litoral Norte
Caçapava, Igaratá, Jacareí, Jambeiro, Monteiro Lobato, Paraibuna, Santa Branca e São José dos Campos.  Campos do Jordão, Lagoinha, Natividade da Serra, Pindamonhangaba, Redenção da Serra, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraitinga, Taubaté e Tremembé. Aparecida, Cachoeira Paulista, Canas, Cunha, Guaratinguetá, Lorena, Piquete, Potim e Roseira. Arapeí, Areias, Bananal, Cruzeiro, Lavrinhas, Queluz, São José do Barreiro e Silveiras.  Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

 

comentários
  • Edi Fortini
    Taboão da Serra, Parque Pinheiros
    O que só nos dá tristeza, visto que a Fervima Pirajuçara não fizeram absolutamente nada que justifique esse aumento. Aliás, pelo contrário, as condições pioraram com o intervalo maior absurdo entre os carros, além da já comum sujeira a mau funcionamento dos carros. Ar condicionado? Só na maravilhosa São Paulo. Melhoras no trânsito? Qualquer cidadão que pega o ônibus de manhã leva às vezes uma hora pra chegar no centro da cidade, sem prioridade nenhuma para o atual prefeito. Taboanenses que se lasquem, né?
deixe seu comentário
Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer site. Com eles, os internautas podem ampliar o debate, complementar as notícias publicadas e tecer críticas e elogios. Por isso não queremos transformar esse espaço em palanque, nem contra e nem a favor. Nós não publicamos comentários com palavrões ou agressões gratuitas, comentários fora do assunto ou com auto-propaganda ou propaganda de terceiros. O Portal O Taboanense reserva-se o direito de, independentemente de qualquer aviso ao autor, EXCLUIR qualquer comentário que, a seu exclusivo critério, considere ofensivo ao seu pessoal ou a qualquer terceiro, bem como a bloquear o acesso de qualquer usuário ao espaço de comentários, caso julgue necessário. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal O Taboanense. Os autores dos comentários são civil e criminalmente responsáveis por publicar qualquer conteúdo que viole a lei (incluindo crimes contra a honra, ameaça, preconceito e discriminação).
Por favor aguarde, enviando comentário.
Comentário enviado com sucesso. Obrigado.
oferecimento
  • publicidade
    Firme junto ao povo